13/09/2011

A sobrevivência


Imaginem, hipotéticamente, que vos assaltavam o carro. Um carrinho pequeno, barato, comprado há 7 meses.
Partiam um vidro para abrir a porta. Não roubavam nada de especial, nem sequer levavam o conteúdo da mala.
Apenas retiravam algo do motor do carro.
Uma peça sem importância a que chamam "placa electrónica".
Desligavam duas fichas, retiravam o parafuso e levavam aquela peçita.
O que faziam?
  1. Queixa na Polícia (apenas para poder utilizar na participação ao seguro)
  2. Participação ao seguro
  3. Pedido de orçamento no representante da marca.
  4. Encomenda das peças e sua instalação

E começavam a deparar-se com problemas:
A polícia para emitir o report pedia "gasosa". Quem faziam? Pagavam?

Para participar ao seguro necessitavam de 2 orçamentos. O representante da marca não pode dar orçamentos porque não tem stock da tal placa.
Que faziam? Pediam a um mecânico manhoso para inventar um orçamento?

O representante da marca não tem a peça. Presumo que tantavam importar.
Angola - esgotado - não encomenda ao Japão só uma peça. Tem que aguardar.
Portugal - esgotado - só encomendando ao Japão
Àfrica do Sul - esgotado - só encomendando ao Japão
Prazo previsto de entrega após encomenda - 1 mês
Preço aprox da placa - 2.500USD (ainda falta o vidro + mão de obra)

Solução alternativa:
contactar o "mercado paralelo de peças" - preço da placa com montagem - 1.800USD
Prazo: 1 semana

Que faziam?
  1. Encomendavam ao Japão?
  2. Encomendavam aos ladrões?

3 comentários:

Marina disse...

Eu também ficava na dúvida... o problema do mercado paralelo de peças é que se acaba por não ter garantia...

Cat disse...

1º nunca mais comprava um carro japonês e para resolver o problema tentava uma 3ª via: procurar a dita placa no ebay :-) tentar todos (Hong Kong, Alemanha, Japão, .com). Com sorte e algum tempinho de pesquisa, és menina para resolver o problema, quiçá, por 800 USD :-)
Good luck

H disse...

Já estamos a negociar a garantia com o ladrão. Mas também encomendamos ao Japão. Assim como assim podemos montar um negócio destas peças.